SEÇÃO 31 #3 – “THINE OWN SELF”

S01E03
Junte-se a Waldomiro e Andrea nesse podcast radioativo e acompanhe a jornada de Data para tentar salvar alienígenas de uma contaminação mortal, enquanto a Conselheira Troi tenta ser FINALMENTE útil na Enterprise!
Tempo de duração: 32 min

Star Trek – The Next Generation

7ª Temporada
Episódio 16
Dirigido por: Winrich Kolbe
Escrito por: Christopher Hatton/Ronald D. Moore
Música: Dennis McCarthy
Data de exibição original: 14 de fevereiro de 1994
Trailer de “THINE OWN SELF


E-MAILS: Críticas, sugestões e afins para contato@secao31.com
Picard_WEB
COMPARTILHE!
  • https://www.blogger.com/profile/00441393037701443747 André Valle

    Dos três programas esse foi o melhor até agora, com explicações precisas do enredo. O triste foi lembrar da patética morte do Data em "Nêmesis" (aliás, o filme é horrível – sempre quis um novo filme da Nova Geração para se redimirem desse último, assim como fizeram em "A Terra Desconhecida", que é muito superior que "A Última Fronteira"; aliás, deveriam ter chamado o Nicholas Mayer para dirigir).

  • https://www.blogger.com/profile/12684828799583619022 Waldomiro Vitorino

    Fala André! Valeu pelo elogio, vamos tentando melhorar a cada episódio.
    Quanto ao controverso Nemesis, engraçado, mas assistindo ele hoje, acho um filme legal. Apesar de vários furos de roteiro e descaracterizações, o filme tem um bom ritmo, e a história até é interessante sim. Mas na época que saiu, achei um lixo também.

    E Star Trek V continua sendo o pior de todos até hoje sim!

  • Thais

    Data sendo Sherlock Holmes é sempre legal, e como vcs disseram o desenvolvimento da Diana foi muito bom, é uma pena que naquela época as séries tinha que ser procedurais, imagina o quão incrível seria se o fato de um episódio anterior influenciasse no outro como foi, mesmo que pouco, neste.

    • http://secao31.blogspot.com.br/ Waldomiro Vitorino

      Sim, eles tinham continuidade muito maior que TOS, mas para aquela época ainda era a questão de ter poucos arcos de 2 ou 3 episódios, e eventuais citações em outros sobre eventos e outros detalhes de continuidade. Por exemplo, com certeza teria sido melhor ainda se tivessem mostrado mais episódios em que o Picard relembra os eventos de “Inner Light”, pois acredito que além de “Lessons”, não teve mais nada. A Troi então se beneficiaria muito dessa melhor construção para o personagem. Talvez o Worf e o Data tenham sido melhor construídos na série, pois tiveram muitos episódios centrados neles. No caso do Worf até exageraram e começaram a forçar a barra demais com o Alexander na nave, não curto aquele período.

  • Pingback: SEÇÃO 31 #38 – “Gambit, Part 1″ | SEÇÃO 31 | Star Trek Podcast()