SEÇÃO 31 #2 – “THE SHIP”

S01E02Comentários: Waldomiro e Andrea.

Tempo de duração: 33 min


Star Trek – Deep Space Nine
5ª  Temporada 
Episódio 02 
Dirigido por: Kim Friedman
Escrito por: Hans Beimler / Pam Wigginton / Rick Cason
Música: Jay Chattaway
Data de exibição original: 7 de outubro de 1996

TRAILER DE “THE SHIP”


ADICIONE O NOSSO FEED

E-MAILS: Críticas, sugestões e afins para contato@secao31.com

The Sisko_WEB

COMPARTILHE!
  • https://www.blogger.com/profile/00441393037701443747 André Valle

    Este comentário foi removido pelo autor.

  • https://www.blogger.com/profile/00441393037701443747 André Valle

    Nunca vi graça em Deep Space Nine, mas confesso que assisti muito pouco, pois sempre preferi a linha de "exploração espacial" da série clássica. Aliás, que fim levou o ator que fazia o Sisko?

  • https://www.blogger.com/profile/12684828799583619022 Waldomiro Vitorino

    Acho que você ia curtir DS9 sim, até pelo conteúdo "massa véio"…tem diversas batalhas espaciais fodas e histórias de guerra mesmo, histórias de espionagem, tem muitas reviravoltas, personagens dúbios. Não é aquele "paraíso roddenberriano" não! Em DS9 o bicho pega. Os tons de cinza da franquia estão nessa série.
    E tem alguns episódios de exploração espacial sim! Ainda que quando isso acontece é muito "tentando ser a Nova Geração"…Mas tem alguns assim muito bons.
    Quanto ao Avery Brooks, pelo que sei, ele está mais envolvido atualmente com teatro, que nem o o "Sir" Patrick Stewart!

  • Pingback: SEÇÃO 31 #29 – “Repentance” | SEÇÃO 31 | Star Trek Podcast()

  • Thais

    Esse episódio foi tenso meso, e o modo klingon genérico que fizeram o Worf ter foi bem forçado, mais no geral o roteiro diz muito sobre como as guerras começam, um não entende ou desconfia a cultura do outro e pronto foda-se tudo vamos pra guerra, e lutam por anos sem nem saber o porque, e no fim quem perde mais são aqueles que tiveram parentes ou amigos mortos por tamanha idiotice

  • Tartaruhga Muhtante

    Curiosamente, tirando as guerras de conquista, grande parte delas começa de uma forma muito questionável do exercício do “direito de se defender”.

  • Tartaruhga Muhtante

    Achei a conclusão do Sisko , ao final, meio bunda-mole. Quero dizer “tudo isso aconteceu porque não confiamos uns nos outros”, o cara só faltou pedir desculpas. A mina Vorta tava de má intenção desde o começo, se eles pudessem teriam matado todos e pego o fundador sem o menor escrúpulo, os federados não tinham a menor condição de demonstrar nenhum tipo de confiança. Foram atacados sem provocação, perderam a nave, perderam um tripulante e sofreram sítio e escaramuças. Nessas condições nenhuma pessoa em sã consciência concede o benefício da dúvida.

    • Waldomiro Vitorino

      Mas eu acho que aí é a questão de, por causa do medo, a Vorta agiu como agiu. Sim, atacou desde o início, mas talvez houvesse uma forma de resolver tudo através do diálogo, e por isso acho válido os dois ao final, Sisko e a Vorta, reconhecerem isso de certa forma. Uma grande lição dá pra tirar daí. Claro, os Federados não podiam fazer nada no começo, concordo. Teria que ter partido inicialmente da Vorta pelo jeito. Ela se antecipou e partiu pra ignorância. A desconfiança foi o que deu início a tudo isso pelo que vejo. A desconfiança que vem a partir do medo.