SEÇÃO 31 Disco #9 – O Retorno (com MUITA roupa) do Império Terrano

S31_Disco_9

Espelhando total!

Star Trek: Discovery volta com tudo, e os intrépidos Ana (Star Trekkers), Antônio, Fernando Augusto (Star Trekkers), Fernando Torelly (Reguladores), Thiago Maldonado (Diário do Capitão) Waldomiro também voltam para comentar (leia-se reclamar) o mais recente episódio da série!

Adentre conosco essa mais nova versão do popular Universo do Espelho, dessa vez com as já comuns alterações visuais sempre polêmicas e questionáveis que Discovery faz.

Continuamos no próximo SEÇÃO 31 Disco no espelho, e…

Qapla’!

ATENÇÃO: As bobinas de Dobra desse podcast estão entupidas de SPOILERS!!!

Tempo de duração: espelhados 110 min

Discutido nesse podcast:

S31_Bannner_Canecas_site

S31_Bannner_Camisetas_site


ADICIONE O NOSSO FEED

E-MAILS: Críticas, sugestões e afins para contato@secao31.com


COMPARTILHE!
  • Olavo Lima

    imperio terrano politicamente censurado, pois a violencia e moralidade é igual a discovery só que com mais roupa que discovery rs, o kirk espelho estaria chocado rs

    • http://wflorencio.tumblr.com William Florencio

      “Violência e moralidade” igual da timeline principal? Como assim?

      • Vedek Pedro

        O espelho geralmente torna boas as pessoas más e vice versa. Mas em Discovery os dois lados são sombrios.

        • Tartaruhga Muhtante

          O pior é que os “DST Defenders” não admitem que tem lance errado.

      • Olavo Lima

        não tem diferença entre discovery e o universo espelho, todo mundo dos dois universos são fdp, diferente das outras series que você via as contra partes totalmente diferentes

  • Olavo Lima

    Sim, discovery não tem nada haver com star trek estou torcendo pelo filme do tarantino rs

    • Vedek Pedro

      É o que resta ne?

    • Tartaruhga Muhtante

      Como disseram , é o que tem pra hoje, não tem jeito.

  • Alexandre Rodrigued Assumcao

    Falta uma conexão com o universo trek. Até agora não mostrou a que veio e cada episódio parece uma tentativa de se chegar a algum lugar que ninguém sabe onde é. Confuso. É o que define a série.

  • Tartaruhga Muhtante

    “[…] Nesse ato eu prestei atenção em muitas franquias e eu falo:qual que é o problema

    com esses caras? Tipo, porque, sabe, a gente pega uma coisa […] Last Jedi em discovery

    é tudo. Cê pega uma coisa que outra pessoa escreveu, cê fode, cê faz ser o que não é,

    destrói o negocio e fala “eu estou fazendo isso porque eu sou criativo” então se éssa é

    a sua ideia, cria uma porra tua e faz o que ce quiser não vai foder a franquia dos

    outros[…] vai ser criativo na franquia da tua mãe[…]” Fernando Augusto Dias Afonso MY HERO!!

    • Cleber Segundo

      Fernando Augusto Dias Afonso dando ataquinho de nervos!!!

      • Tartaruhga Muhtante

        Por mim está “de boa”, é engraçado.

      • Vedek Pedro

        Ele está apenas representando parte dos fãs. Me sinto como ele.

  • Tartaruhga Muhtante

    Agora….que merda, chegamos ao ponto de ter de assistir Jornada como se fosse uma outra série… como fãs ultrapassamos o limiar do desespero, “é relaxa e goza e cala-a-boca”….

  • Allan Silva

    Eu desisto de tentar entender os fãs de Star Trek.

    Ao posso dizer que gosto de tudo que assisti de Star Trek até hoje. Inclusive o Kelvinverse e Discovery.

    E odeio Orville.

    • Luiz Castanheira

      Eu não gosto de muita coisa de Jornada. O universo Kelvin não é pra mim em absoluto. Gosto de Discovery e não gosto de Voyager e Enterprise em geral. Orville nem pisca no radar.

    • Evandro Monteiro

      As viúvas do Shatner reclamaram da Nova Geração, reclamaram de DS9 (minha favorita), reclamaram da Voyager, reclamaram da Enterprise, reclamaram da Kelvin, reclamam de Discovery… não querem que ninguém mexa no brinquedinho deles, nem que mais gente conheça série.
      Parece hipster reclamando que a banda favorita saiu do gueto.

  • Tartaruhga Muhtante

    Waldomiro Vitorino […]”Quem foi o alienigena mais abusado nas tetas em 2017, o Tardígrado ou o Luke

    Skywalker “[…] My hero.

  • Tartaruhga Muhtante

    Ana Clara Pedrosa […]”e eu queria, pra ser sincera eu queria…assim, se eu puder, se me der licença eu queria dar um recadinho aqui, pessoal, do fundo do meu coração eu queria só pedir pras pessoas, é …pra começarem a, tipo assim, é …repensar um pouco o que elas falam porque, assim, eu sou uma pessoa que eu não me incomodo muito com esse tipo de coisa porque eu sei que sou fã de Star Trek e não preciso de ninguem me dizer isso, agora, sinceramente, eu já
    tô ficando cansada de ver pessoas falando bem de Discovery e querendo respeito pela opinião delas mas quando chega alquem que não gosta e que dá a opiniao sincera falando que não tá achando legal, aí a pessoa é hater, aí a pessoa é poser, aí a pessoa não é fã…. E assim, apesar de eu não me importar muito com isso, tá começando a incomodar já, entendeu? Então Gente é sério, se vocês gostam eu fico muito feliz por isso mas eu não gosto, e pra mim nao é bom tá aqui falando mal de Discovery ,eu queria tá como vocês falando superbem. mas infelizmente eu não vou tá… é tapar o sol com a peneira não vou falar bem se eu não gosto entendeu ?”[…] Mandou muitíssimo bem. Só faltou comentar também quando ficam te ironizando. No mais ,também , my hero.

  • Tartaruhga Muhtante

    Fernando Torelly […] Aquilo ali é Flash Gordon versus Ming. Eu tô encarando como outra coisa, eu tô encarando aquilo como…é…”Star Trek space opera” entendeu? É, é um hibrido. É total falta de série de star trek porque apesar de eu gostar de orville eu…eu consiero aquilo tudo como é…é fan film, fan fiction que o Seth MacFarlane tá fazendo, ah cara é, Discovery é o que a gente vai ter pelos próximos anos, cara [risos]…então, assim…vai se acostumando[…]

    My hero Too.

  • Tartaruhga Muhtante

    Agora, parando com as citações….só discordo de um comentário…no Star Trek de 2009, quando o Spock disse se tratar de um universo alternativo, ele não explicou que as linhas se “ramificaram”. O que deu a entender ali é que como o passado foi alterado e uma nova linha foi criada, quer dizer o que tinha acontecido antes do Nero voltar no tempo BAUBAU, o que se torna ainda mais claro quando ele “passa a fita” pro Kirk de como desestabilizar o Spock e assumir o comando do Enterprise. Só depois o JarJar Abrams deu aquela “torcida” pro fandom dar aquela “racionalizada” e engolir. Mas, bem, pelo menos ali deu pra remendar o buraco.

  • Tartaruhga Muhtante

    Sobre “o inimigo está aqui”….é que cês não sacaram, mas como DSC vai abordar o lance do “Death Is Not an Ending” , tá na cara!! O “inimigo é próprio Demônio. Discovery vai começar a abordar o sobrenatural.

    • http://wflorencio.tumblr.com William Florencio

      Que merda então!
      Acharia uma iniciativa ousada e interessante se viesse de qualquer outra série star trek anterior, essa eu não acredito ser capaz de inovar assim. O básico já não tá sabendo fazer..

      • Tartaruhga Muhtante

        Eu tô de sacanagem ,cara. Não espero que eles sejam “tão ousados”…..mas vai que eu tô errado…

  • Gordura do Ultra

    Olha … não bancando o chato mas esse podcast eu não gostei , tipo foi mais de uma hora só falando mal , mas nem foi uma malhação engraçada , foi mais um festival de xingar e desprezar a série , tipo só porque não é igual as séries anteriores é ruim , não vale , ainda mais de um dos convidados que virou fã ardoroso do The Orvile e por isso só sabe falar mal de Discovery , querendo que seja igual ao que era tipo se muda , não tem originalidade só sabe fazer o mais do mesmo , se muda é ruim perdeu a essência , enfim é complicado , entendo que a série não é perfeita , a protagonista não é carismática , o Saru e muitos outros ainda não mostraram o potencial que deviam ter e tudo e até a continuidade dos Klingons que acaba não se encaixando determinando realmente ser um soft reboot , mas todo podcast ficar falando que não é The Orville , que The Orville é isso , é aquilo , é a oitava maravilha do mundo , Discovery ta acabando com a franquia otimista , tudo Dark , meio que acaba cansando e pior que acabam nem vendo a potencialidade da série , que querendo ou não ta indo muito bem e já ta renovada pra segunda temporada

    • Constâncio Henrique

      A impressão que me passa é que alguns participantes desse podcast acha que star Trek não pode avançar, deve ser para sempre o mesmo programa de antes, algumas pessoas não compreendem que se uma franquia não avançar, não adquirir novas formas de narrativa e experimentar novas direções ela está fadada ao fim. Esse podcast deixou de ser referência a análise crítica e passou a ser a casa de fãs fundamentalistas.

      • Vedek Pedro

        Vc também pode assistir aos podcasts do Trek Brasilis. Lá não há crítica, só babação de ovo. Todas as críticas feitas nesse podcast foram fundamentadas, se vc não gostou, é questão de gosto mesmo.

        • Olavo Lima

          99 por cento dos podcasts de star trek que escuto são babação de ovo, o da seção 31 é de pura honestidade, teve gente inclusive que adorava a serie de discovery no inicio e falou nele que foi aos poucos se decepcionando, se não quer honestidade vai ouvir podcast de babação de ovo e chapa branca, a seção 31 para mim é o melhor podcast de jornada

          • Gordura do Ultra

            Eu ouço tanto Trek Brasilis quanto este , e gosto de ambos , só achei ruim que senti que pouco falou do episódio , ainda mais um que realmente disse que detesta mesmo então nem quis analisar direito o episodio , só falando mesmo que é ruim e pronto , entendo não gostar de uma série e ta decepcionado , mas sinto que acaba aumentando demais e perdendo o foco que senti nesse podcast em especifico

        • Tartaruhga Muhtante
        • http://wflorencio.tumblr.com William Florencio

          Obrigado pela indicação.
          Desde que a tal babação não chegue num nível After Trek eu acho que dá pra curtir.
          Te recomendo Holodeck do Terceira Terra, lá o povo tá virado jiraya tmb

          • Tartaruhga Muhtante

            Esse eu não conhecia. Vou conferir.

  • Vedek Pedro

    Cara. Quando TOS criou o Universo Espelho foi uma sacada genial. Foi uma forma de mostrar que naquele futuro utópico da raça humana, ainda poderia haver violência e aspiração pelo poder.

    Quando veio DS9, o universo espelho era uma trama menor, algo só para fugir da realidade e descontrair.

    Por fim, veio Enterprise e fez uma homenagem a TOS, já sabendo do cancelamento da série tentou criar alguns links com o cânon e preencher lacunas. Teve furos mais foi fiel e genial.

    Já em STD não é nem homenagem (não respeitou nem o visual), e nem uma fuga do enredo para descontração (como em DS9), faz parte de uma trama principal (se é que esta existe).

    Fico pensando, quando resolverem o arco do mirror (provavelmente no último episódio), voltarão ao universos “normal” e a guerra com os klingons vai ter se resolvido sozinha? Haja vista que já disseram que a segunda temporada não terá mais essa guerra que ninguém nunca viu na tela.

    • Tartaruhga Muhtante

      E vai piorar , agora que já mostraram o visual dos andorianos e telaritas, que a despeito das atualizações ainda parecem com os das séries clássicas e Enterprise.

  • Evandro Monteiro

    Os choros da semana:
    1 – Bolsominions chorando por causa da descoberta dos imóveis do Bolso;
    2 – Emebelinhos chorando porque o brasileiro detido na Venezuela, e depois solto, falou que o MBL estava mentindo;
    3 – Snydeusistas chorando porque só 13 pessoas aparecem na frente da Warner pedindo a versão do “visionário” Zack Snyder do “Liga da Justiça”;
    4 – Viúvas do Shatner chorando porque não viram barriga de mulher ou braço de homem no Universo Espelho de Discovery. Aviso: já não estamos mais na década de 60, já existe vários pornôs de Star Trek, procure e seja feliz. Sério, num mundo onde o subordinado quer te matar para pegar seu posto, você ia ficar andando por aí de regatinha ou de top? Os capitães tem que andar de armadura, mesmo.
    Já que a equipe odeia Discovery e adora Orville, como deixam claro em todo episódio, comecem a análise de Orville e diminuam o ódio.

    • Olavo Lima

      novamente 99 por cento dos podcasts de star trek que escuto são babação de ovo, o da seção 31 é de pura honestidade, teve gente inclusive que adorava a serie de discovery no inicio e falou nele que foi aos poucos se decepcionando, se não quer honestidade vai ouvir podcast de babação de ovo e chapa branca, a seção 31 para mim é o melhor podcast de jornada

      Na boa Galvão Bueno volta para a globo e para de falar bobagem rs

      • Cleber Segundo

        Já procurei na internet e nenhum podcast, grupo de facebook ou qualquer um dos grandes entendidos (E veja que tem muita gente que se intitula Comodoro, almirante ou capitão e nunca vi um desses chorões falem bem de ST Disco. Todos só sabem falar mal e a Seção 31 não seria diferente. E argumento que é mal escrito e mal feito, não passa de fã choram que acha que poderia fazer melhor.

        • Olavo Lima

          cleber então não vasculhou direito no trek brasilis só falam bem e tentam fechar os olhos para os erros, inclusive ja fizeram hangouts só para ofender pessoas que não gostaram da serie um abraço

          • Cleber Segundo

            com certeza voce esta ouvindo e vendo outra Trek Brasilis de um universo espelho, pois eles reclamam o tempo todo da nova serie.

          • Olavo Lima

            rapaz no hangout só vi elogios e puxa saquismo, talvez eles tenham reclamado de apenas poucas coisinhas, mas isso já irritou você? então realmente o podcast do seção 31 vai te deixar louco rs, eles inclusive ja chamaram de “reaça” quem achou a micheal um pé no saco, tem tambem apenas um trekker que vai nessa linha (que inclusive baniu gente do grupo do facebook por falar mal de discovery)

          • Gordura do Ultra

            Olha eu ouço o Trek Brasilis no youtube e não babam ovo não , eles simplesmente se atentam mais ao episodio do que ficar falando mal o tempo todo , o que é o sensato , pois não é muito objetivo ficar o tempo todo detonando a série e esquecendo os plots da série , criticam mas em pequenas doses , não acho que isso seja babação de ovo

        • Evandro Monteiro

          As viúvas do Shatner reclamaram da Nova Geração, reclamaram de DS9 (minha favorita), reclamaram da Voyager, reclamaram da Enterprise, reclamaram da Kelvin, reclamam de Discovery… não querem que ninguém mexa no brinquedinho deles, nem que mais gente conheça série.

      • Evandro Monteiro

        Quer dizer que quem não concorda com você está falando bobagem? Parabéns pelo respeito à opinião alheia, sommelier de comentários… aprendeu direitinho com Jornada nas Estrelas. Ou não.

  • Cleber Segundo

    Aqui para ouvir mais um podcast de gente chorando e reclamando, afinal quero rir e para rir tenho que ouvir o pessoal chorando.

  • http://wflorencio.tumblr.com William Florencio

    Uma escolha de direção de arte e elenco que foca em figurino realista e uma beleza mais comum e menos super-model para as personagens ser definida com “série feita por gente que ~não gosta~ de mulher” foi bem grotesco e até desrespeitoso com todos os profissionais do audiovisual envolvidos. Como se colocasse em questionamento a capacidade do trabalho de profissionais mulheres, lgbt ou qualquer um que ache que saia numa ponte de comando não faz sentido hoje em dia.
    Amo o Podcast de vocês mas isso foi vacilo.

    • Vedek Pedro

      Foi contextualizado. Tradicionalmente no espelho há pouca roupa e vulgaridade. É isso que se espera quando vão ao outro lado do espelho. Todavia, quando se assiste Star Trek imagina-se filosofia e boas histórias, o que também não se tem visto.

      • Olavo Lima

        esse cara ai não deve ter visto jornada e só está enchendo o saco do podcast por causa que tem uma galerinha que já marcou o seção 31 para o “odio do bem”

        • Evandro Monteiro

          Você viu as outras séries? Fora da Clássica (a exceção ao que eu falarei a seguir), teve alguma com um primeiro ano bom ou ótimo?
          Nova Geração e Enterprise tiveram primeiros anos bem mais ou menos (vai assistir Nova Geração no SyFy se você duvida). E DS9 e Voyager também tiveram primeiros anos mais ou menos, com alguns episódios bons.
          Mas ao invés de cancelarem as séries, eles continuaram.
          No segundo anos as coisas começam a engrenar nas 4 séries, e só no terceiro/quarto ano que série ficaram realmente boas. Lembra de “Best of Both Worlds”, campeão?
          Mas os haters de Discovery esquecer da história de Jornada e já querem cancelar a série logo no primeiro ano. Calma.
          Se seguissem seu mimimi e do Seção 31, não haveria invasão Borg, Dominion, Sete de Nove, Universo Espelho (que tanto reclamaram).

          • Olavo Lima

            na verdade muito pelo contrario o primeiro de ds9 foi muito bom e elogiado, inclusive foi uma serie que tratou de guerra sem precisar sair do que é jornada nas estrelas, faça uma pesquisa, mas por ter usado a palavra mimi acho que é pos modernista e incapaz de aceitar uma critica do que supostamente gosta como todo o fanatico da era do facebook, mas faça uma pesquisa, um abraço

          • Olavo Lima

            bonus no universo espelho como uma das participantes disse as pessoas usavam o corpo e seus atributos para seduzir e como moeda de poder, isso não só as mulheres como os homens, você deveria dar uma pesquisada meu nobre rapaz e não ficar xingando quem discorda, um abraço

          • Evandro Monteiro

            É você acha que só no Universo Espelho existe “sedução para conseguir alguma coisa”? Vamos relembrar as séries?
            Kirk paquerou todas as mulheres que passaram perto dele, especialmente se isso permitisse que ele obtivesse algo delas, como a gladiadora no mundo dos gladiadores (entre varios exemplos). Ou das escravas de Orion que se seduziam os outros.
            Picard fez o mesmo (especialmente quando se passava por contrabandista e/ou mercenário), Riker “usou o corpo e os atributos” e foi alvo de sedução, assim como a Crusher (seduzida pelo trill), o Worf com a ex dele, e lembra da Rainha Borg sensualizando para o Data?
            Em DS9 temos garotas Dabo, mais trill paquerando, carícias nas orelhas dos ferengi, a Dominion seduzindo o Odo, o Dukat seduzindo a Vedek DO MAL.
            E Enterprise fecha com o casal vulcana e humano.
            De novo, expus FATOS que mostram que seus achismos estão errados.
            “Sedução” não é exclusividade do Universo Espelho.

          • Evandro Monteiro

            Pelo jeito você não sabe como funciona a mecânica das séries de Jornada desde os anos 80, né?
            As viuvas do Shatner reclamavam que Picard era “muito pacífico”, e choravam nas convenções da Frota Estelar nos anos 90.
            Quando lançaram DS9, as viúvas do Shatner vieram com o mimimi “ain, Jornada tem que ter nave, não pode ficar parada”, “ain, Jornada não pode falar de guerra”, sem contar o racismo velado com um comandante negro. Faça um pesquisa sobre a criação da série e veja como ela foi produzida com dificuldades (fora as acusações de cópia de Voyager).
            Lançaram Voyager e as viúvas do Shatner choraram porque a nave não estava no espaço da Frota, porque não tinha Frota, reclamaram que o médico era holográfico, e reclamaram da capitã mulher.
            Em Enterprise choraram por causa da música.
            E você usa o avatar do Dude Lebowski e reclama de pos- modernismo? Sério? Tá exagerando no White Russian.
            Quem está defendendo o podcast com achismos e não com fatos (como eu expus), é você.

      • Evandro Monteiro

        Foi “conteztualizado” no fato do Valdomiro falar que não gosta de opinião de mulher e que a série deixa mulher feita porque “é feita por gente que não gosta de mulher”.

        • Vedek Pedro

          Bom. Isso é uma opinião pessoal dele. Pode ser relativizada. Realmente fazem força para esconder a beleza das pessoas. Veja aquela loira que nem aparece a cada dela, pq é uma máquina ou sei lá o que.

        • Waldomiro Vitorino

          Eu falei que não gosto de opinião de mulher? Onde isso? E essa outra parte que vc citou não fui eu quem disse.

          • Tartaruhga Muhtante

            Pelo visto nem prestaram atenção direito ao podcast, porque escutam somente as críticas, nunca os elogios, e ainda escutam errado….é difícil….

          • Evandro Monteiro

            Pelos comentários, parece que tem muita gente “escutando errado” e não gostando das reclamações constante do podcast, caro sommelier da audição alheia.

          • Tartaruhga Muhtante

            Estou sendo injusto? Porque os podcasts não “só reclamam” dos episódios. E não reclamam dos defeitos só de DSC. O problema é que vocês não admitem que alguém reclame abertamente de nada dessa série que já correm pras provocações.

          • Tartaruhga Muhtante

            Não fui eu que “disparei” no sujeito errado.

          • Evandro Monteiro

            Troquei os nomes. Quem falou as duas coisas foi o Ricardo, não o Waldomiro.

          • Waldomiro Vitorino

            O Ricardo sequer participou desse podcast.

  • Olavo Lima

    Orçamento 0 e ainda assim melhor que Discovery
    https://www.youtube.com/watch?v=MHCx9Lx26Wo

  • Cleber Segundo

    Estive ouvindo o cast e não vou parar de ouvir porque preciso ouvir quem fala bem e quem fala mal. afinal só aprendemos com a experiencia.

    Agora é diferente voce ouvir alguém falar que esta serie não tem nada de original, A serie veio com muitos pontos inovadores.

    é chato voce voce ouvir um cast e um dos integrantes ter um ataque histérico e querer achar que isto é normal.

    é um absurdo voce ver uma garota começar tão bem o programa e ao final mudar de opinião por os outros membros da mesa disseram que não gostaram, e ainda aceitar ser tratada como “integrante em experiencia”. Ou seja se ela não começar a concordar com os outros membros da mesa vai ser afastada.

    é incompressível ver um pessoal que se diz ser tão conhecedor de Star Trek não perceber que aquele não é o mesmo Universo Espelho que anteriormente foi visto nas series antigas. Afinal podem haver diversos universos com caminhos bem diferentes a ser mostrados.

    E tambem as pessoas que fazem podcast tem que entender que eles podem ser criticados pelas suas posições. Afinal nem Eu ou qualquer outro Ouvinte ou o Host e os Convidados do Cast não são os donos da verdade. Todos temos opiniões diferentes e devemos respeitar e ser respeitados e a boa educação ensina que ficar xingando e gritando não são argumentos validos para uma boa discussão.

    • Olavo Lima

      é incompreensível alguem não tolerar opiniões diferentes e reconhecer erros, fanatismo define, se não gosta então ao inves de ficar de mimim simplesmente não escute podcast de fãs de jornada que em sua imensa maioria pelo que você mesmo disse não gostaram

      • Cleber Segundo

        Se eu não ouvir Olavo de que forma vou criticar os criticos que se acham os banbanbans?
        E nesta mesma linha de pensamento já que vocês não gostam tanto de ST Discovery porque não deixam de assistir?

        • Vedek Pedro

          Alguns já deixaram, eu, por exemplo. Agora só fico sabendo de Discovery nas discussões e nos cast. Pelo que vejo continua a mesma porcaria desde o piloto.

        • Olavo Lima

          eu ainda dei uma chance para discovery mas não dá para ignorar os erros, mas como sou fã de jornada dou uma chance, daqui a pouco se continuar assim eu largo não se preocupe

    • Ana Clara Pedrosa

      Acho que você não deve ter entendido a finalidade do podcast, nós estamos aqui apenas analisando o episódio. Ninguém aqui se acha o banbanban, ninguém se acha o dono da verdade, nós sabemos que cada um tem sua opinião sobre Discovery, e que toda opinião, INCLUSIVE A NOSSA, deve ser respeitada!
      É exatamente sobre isso que eu falei no final do podcast, ninguém tem o direito de criticar o outro pela sua posição em relação à série, você pode não concordar, você pode colocar o seu ponto de vista, mas criticar, jamais! Seria uma total falta de respeito com o outro.
      Sobre mudar de opinião ao decorrer do programa, o que eu posso te dizer é que eu não sou, nunca fui, uma pessoa inflexível. Não apenas sobre Discovery, mas conversando sobre qualquer filme, série, livro, episódio e etc., eu busco pontos de vista diferentes dos meus, que e as vezes fazem com que eu não mude minha visão, as vezes me fazem gostar mais, as vezes me fazem gostar menos do assunto em questão, e eu não vejo problema nenhum nisso.
      E para finalizar, mais uma vez eu digo, se você gosta de Discovery, fico muito feliz! E ainda digo que adoraria saber o que te faz gostar da série, como eu já disse, gosto de saber pontos de vista diferentes, e pode ter certeza que irei respeitar completamente sua opinião, ainda que seja diferente da minha, já que espero o mesmo respeito vindo de qualquer pessoa que conversa comigo sobre Discovery.

      • Tartaruhga Muhtante

        E não é sempre assim? Você poderia dizer a cada declaração sua “ó pessoal, vocês têm todo o direito e o meu apoio pra assistir Discovery” que eles só prestariam atenção nas críticas.

    • Ana Clara Pedrosa

      Apenas mais uma coisa, em relação ao seu comentário dizendo que eu seria afastada se não começar a concordar com os outros membros, agora partindo um pouco para o pessoal, peço que não poste conclusões sobre nós sem ter nenhuma propriedade.
      Se você ouviu os podcasts anteriores, sabe que nem sempre nós concordamos em tudo, mas isso, de forma alguma, fez com que eu fosse afastada por não acatar tudo que é dito.
      O comentário sobre eu ser uma “integrante em experiencia” não tem nada a ver com Discovery, por isso peço mais uma vez, não poste conclusões sobre nós, os participantes, sem propriedade.

    • entelexia

      Tudo bem não gostarem de ST Discovery. Mas esse foi o primeiro episodio do podcast em que o nível de argumentação baixou tanto.
      – Criticaram “o delta”, obsessivamente, criticaram as roupas funcionais (que já existiam em Next Generation, DS9, e até Orville), e cobram consistencia de um universo “espelho” cujo conceito, em si, já é um absurdo (pois continua espelhando “nosso universo” por séculos, com as pessoas desempenham as mesmas funções, com a mesma aparencia, ainda que existam em contextos sociais e materiais radicalmente diferentes)

      Nada disso importa, e seria só diversão de fãs , se não fossem comentários do tipo “não tem mulher bonita”, “não gostei do cabelo da Durnham”, “foi feito por homossexuais”, ou coisas do tipo.

      Criticar um seriado, vá lá… mas menosprezar seres humanos, é phoda.

      Se há algum futuro para Star Trek, é como boa série de ficção, não como nicho saudosista, ou fanservice machista.Os produtores são espertos de não desprezar mais de 50% da raça humana, só pra atender o fandom.

      • Gordura do Ultra

        Eu entendo que o mundo mudou , ficou mais correto e por isso não põem mais mulher seminua , alias desde os anos 90 é assim , cobrar só por não gostarem da série é meio sem sentido , mesmo na enterprise tendo barriguinha de fora , foi mais homenagem mesmo , mas foi só isso mesmo

  • San Ramon

    Eu estou no time que não ama nem odeia Discovery, mas acho que estou mais próximo de odiar do que amar rs

    Acho que o lance do Universo Espelho, obedecendo aquele antropocentrismo de TOS, é o pior da humanidade no Cosmos e como esse pior da humanidade se desenvolve. As outras raças são mais ou menos o que já são no regular.

  • Tartaruhga Muhtante

    Os podcasts não servem só pra “falar mal” de DST. Desde o início os caras falam os pontos que consideram positivos e negativos, já falaram bem e já falaram mal. Mas é fato que o pessoal tá insatisfeito, é um direito. Mas os “DST-Defenders” não admitem que se fale mal de nada na série.

  • Tartaruhga Muhtante

    O caso é que a CBS mentiu desde o começo, continua mentindo, essa série não se mostrou de forma nenhuma encaixar em nada na continuidade das outras séries (“ahhh, mas ainda tá no começo, vão explicar nas outras temporadas”…….tá, sentá lá , Cláudia”) . Se tivessem anunciado desde o começo como um Reboot (assim como o abramsverse) tava numa boa, o povo ia torcer o nariz mas ia acompanhar mais passivamente. Mas os caras vomitarem “isso é cânone, isso é universo prime”, “isso vai encaixar na cronologia” só pra enrolar , e os defensores quererem que você engula isso é muita vontade de ser submisso e se vender muito fácil. Quem tá amando a série, porque “finalmente temos comida pra nos alimentar”… Ó, SUPER, pra vocês, têm todo o meu apoio pra assistir Discovery!! Mas acontece que quem não gostou tem o direito de dizer que não gostou e porque não gostou. Você tenta se esquivar pra não ofender o gosto alheio, mas se você diz porque não gostou de um ou mais pontos “é porque não gosta de mudanças, é mimizento, é hater” (você explica tintim por tintim porque mas eles só sabem entender isso), ou seja, você automaticamente vira um “inimigo a ser destruído”, e na cabeça deles eles vão te torrar o saco e você ainda tem de ficar “de boa”. Quer dizer, se você não gostou você tem de ser “mente aberta” e “compreender as mudanças”….cadê a “mente aberta” desse povo que não aceita que alguém não goste do que elas gostam??

    • Vedek Pedro

      Um dos melhores comentários que vi até agora. Meu sentimento é o mesmo. Parabéns pela clareza.

      • Tartaruhga Muhtante

        É fogo, velho, a CBS não admite a intenção real, se é pra ser uma série fora do universo prime, ou se é um prelúdio pra um reboot , ao ambos, e o povo quer que você simplesmente aceite e fique quieto porque eles tão achando o máximo. É muita pretensão. Se a CBS vier e falar “Ó , panaca Discovery acontece em um universo paralelo separado completamente do prime e tudo vai ser diferente, sacou seu goiaba?”, eu vou ficar chateado porque oficializaria o abandono do universo prime, mas aceitaria um universo paralelo numa boa, mas empurrar um lance cheio de estranhezas a tudo o que já foi visto e EXPLICADO antes e dizer que FAZ PARTE não tem como digerir numa boa, não que isso esteja me tirando o sono, claro.

  • Tartaruhga Muhtante

    Verdade seja dita. Podem dizer o que quiserem contra o pessoal do Seção 31, mas nunca vão poder dizer que eles falaram “não assistam Discovery”, ou “boicotem essa série”. Pelo contrário, os caras falam o que não curtiram mas continuam dando apoio pra franquia, mesmo a contra-gosto.

    • Vedek Pedro

      Vdd. Tiveram mais paciência que eu.